segunda-feira, 20 de julho de 2009

Anonimato


Se eu pudesse me manter anônima eu diria:
Diria que a vida é breve. Diria que tudo passa. Diria que passa rápido demais. Que não temos a oportunidade de aproveitar devidamente cada momento que temos o prazer de vivenciar durante nossas curtas vidas. Diria que nos conformamos demais. Que ninguém luta pela igualdade, mas luta pelo vestido perfeito pra festa. Que ninguém luta pelo direito de falar o que pensa, mas luta pelo direito de ter saltos perfeitos para andar no shopping. Diria que não acho que o Obama vai salvar o mundo. Diria que gosto mais de azul do que de rosa. Diria que não me conformo com gente sendo classificada por cor, mas que também não me conformo com gente sendo classificada por gosto musical. Diria que não sou comunista e que gosto de gastar dinheiro. Diria que não gosto do Lula. Diria que os pequenos problemas do dia-a-dia são pequenos comparados aos problemas da sua vida. Diria que amor verdadeiro só se tem um, e nenhum outro, se deixar ir já era. Diria que posso dizer o que quiser, por que eu sou livre e anônima. Diria que odeio engordar. Diria que prefiro sorvete de casquinha e que me sujo até com canetas fechadas.Diria que ninguém muda de uma hora pra outra e que é pedir demais que mudem por você. Diria que ninguém é de ferro e que todos cometem erros. Diria que somos todos iguais, porem diferentes. Diria que eu acho um absurdo viver com medo de ser assaltado. Diria que nada é eterno nem insubstituível e que a infância não volta mais.Diria que é besteira achar o que os outros falam é estúpido. Diria que eu sou hipócrita. Diria que todo mundo mente de vez enquando. Diria que falo tudo que penso, mas que nem sempre penso tudo que digo. Diria, então, que amo você.

B.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Bee, algum dia você é descoberta. Tenho orgulho de você. Te amo, M.

    ResponderExcluir
  3. Descoberta por quem, pelamor? euri
    Também te amo, negra euri

    ResponderExcluir