terça-feira, 12 de outubro de 2010

Twelve Of July

Então, esse dia é realmente um dia esquisito. Um dia que você não sabe exatamente o que fazer, ou como agir. A maioria das pessoas nem tem com quem comemorar essa data. Tem amigos, parentes. Mas não tem o que o dia propõe, que é um namorado. Alguns se sentem rejeitados por não terem um namorado. Outros não ligam. E outros mandam tudo pra o inferno e saiem com os amigos pra ver filmes de terror. O fato é que o dia dos namorados não passa de puro maketing. Assim como várias datas comemorativas. Como é que um golpe de marketing afeta tanto as pessoas assim? Simples. A solidão desse dia. O que representa estar sozinho em um dia criado para se celebrar o amor ou paixão de duas pessoas, sejam elas do sexo oposto ou não. Sejam gays, bisexuais, ou héteros, ninguém quer estar sozinho nesse dia. Quer estar com quem se ama. Segurando mãos. Dando beijos e abraços. Entregando presentes. Aproveitando a companhia. Vivendo os momentos. E todos preferem estar com alguém especial, alguém que vá fazer esse dia ficar especial. Sejam eles amigos, namorados, ficantes, ou até seu cachorro. Confesso que eu gostaria de passar o Dia Dos Namorados com o meu ficante. Mas ele terá que viajar. Eu respeitarei isso. Não sou de fazer escândalo. Desde que depois eu possa estar junto dele, sentindo o cheiro dele, acho que tudo ficará bem. Estar sozinha nesse dia não é nada demais. Significa que você AINDA não arranjou alguém pra aproveitar. Estamos todos fadados a encontrar esse alguém. Ou talvez não. Não sei. Não sei de mais nada. Na verdade, não estou me aguentando. Feliz Dia dos Namorados, queridos. Boa sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário